Ir direto para menu de acessibilidade.

Vestuário e alimentos in natura seguram inflação de julho

Publicado: Segunda, 18 Agosto 2014 08:45

A taxa de inflação do mês de julho, estimada pela Universidade Federal de Lavras (UFLA), foi de 0,66%, sendo a menor registrada no ano. O menor aumento dos alimentos in natura, como o tomate e a batata, favoreceu para segurar a inflação do mês, bem como as promoções de inverno.

Dos onze grupos pesquisados pela UFLA, as variações médias de preços foram:

alimentos (1,75%); bebidas (0,97%); material de limpeza (2,43%); higiene pessoal (0,01%); vestuário (-0,75%); bens de consumo duráveis (eletroeletrônico, eletrodoméstico, móveis e informática), -2,58%; serviços gerais (água, luz, telefone e gás de cozinha), 0,28%; educação e saúde (0,2%) e transporte, alta de 0,80%. Não se registraram variações na média dos preços dos itens que compõem as categorias moradia e lazer.

A cesta básica de alimentos para uma família de quatro pessoas ficou em R$479,60 em julho, contra um valor de R$478,40 em junho.

Universidade Federal de Lavras •

Departamento de Administração e Economia •

DAE / UFLA • Caixa Postal 3037 • CEP 37200-000 • Lavras MG

Telefone: (35) 3829-1441 • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.